• (11)3921-8778/96284-0278 WhatsApp
  • azuldesentupidora@gmail.com

Arquivos por mêsjunho 2018

Controle de Pombo No Lapa (11)3921-8778 Orçamento gratis

controle de Pombos na lapa SP: Oferecemos serviço de Desalojamento de pombos na lapa controle e manejos de pombos na lapa. Azul é uma empresa de Dedetização na lapa – SP ,esta preparada para lhe atender todos os dias da semana, sábados, domingos e feriados 24horas. O controle e manejos de pombos urbanos  na lapa começam com a vistoria técnica do local, após a

avaliação o técnico vai informar o custo do serviço e forma de tratamento a ser realizado. AZUL   tem químico responsável e técnico treinado e capacitado para realizar seu serviço com garantia de qualidade, execução de serviço técnico. Azul  fornece o termo de autorização do serviço, certificado de garantia, e laudo técnico para o cliente. Nossa empresa de Dedetização na cidade  na lapa a nossos clientes a 10 anos. No Controle de Pombos na lapa tem como foco atender toda o tremembé – SP e Região. O controle de pombos urbanos é muito importante, pois pode prevenir problemas de saúde, já que muitos destes pombos podem transmitir doenças, danos, incômodos, no cotidiano das pessoas. Azul Dedetizadora  na lapa também se destaca no Controle de Pragas. Produtos são adquiridos junto aos maiores fabricantes, diluição precisa para cada tipo de inseto. Pombos em casa não é agradável, além de ser uma ameaça a sua saúde de sua família. Resolva este problema com segurança e garantia de serviço de profissionais capacitados.  Azul controle de pombo  na lapa   lhe oferece a oportunidade de receber sem nenhum custo, orçamentos de profissionais qualificados e experientes, prontos para realizar o serviço de acordo com a programação do cliente. Trabalhe com empresas de Controle de Pragas que usam produtos de qualidade comprovada.                                                            Curiosidades – Pombas   na lapa

Troque a água todos os dias. Não descuide da higiene: evite acúmulo de fezes epara prevenir piolhos pulverize as pombas com Bolfo (pó não -tóxico encontrado em lojas de produtos agrícolas e veterinários). Coloque um pouco desse produto no ninho ante de a pomba botar os ovos. Ornamentais – adaptam-se bem a todos os climas. Vermifugue 3 vezes por ano com remédios à base de piperazina. Silvestres – temperatura ideal dos viveiros: entre 18° e 28°C.

Ninho – Pombas na lapaGranívoras – caixa de 25 x 25 x 8cm para cada casal, com palha, areia e gravetos no fundo. Frugívoras – ninho pronto (cestinha de palha com tamanho que acomode bem a pomba).

Reprodução – Pombas na lapa  

As pombas são em geral monogâmicas; depois de formado, o casal não se separa. A reprodução vai de maio a janeiro; em fevereiro, março e abril, período da muda, é aconselhável separar os casais. Fazem até 6 posturas por ano e a incubação dura de 17 a 19 dias. Macho e fêmea chocam os ovos: ele durante o dia e ela à noite. Ambos cuidam do filhote; ela os alimenta. Ornamentais: os casais permanecem nos viveiros normais. Põem 2 ovos por postura. Silvestres – quando ficam briguentas no viveiro coletivo é sinal de que estão entrando em fase de reprodução. Separe os casais em viveiros individuais. No caso das frugívoras, coloque a fêmea no viveiro 40 dias depois de introduzido o macho. A fêmea põe de 1 a 2 ovos por postura.  

Instalações – Pombas

Ornamentais – gaiola para 1 casal com 80 x 80 x 80cm ou viveiro para 6 casais de 2 x 2 x 2m com frente de tela voltado para o lado onde o sol nasce, todo coberto. No pombal, prateleiras com divisões de 30 cm de largura; compartimentos, 60cm de largura x 30 cm de profundidade. Faça um laguinho no chão (piso de areia), para banhos. Silvrestres – viveiro conforme o tamanho da ave (de 1,5m de profundidade x 2 de largura x 2 de altura até 4 x 1,5 x 2,5 m). Parte dele deve ser coberta; a outra parte fica exposta para que a aves tomem banhos de sol, de orvalho e de chuva.

Ornamentais – os poleiros não podem ser redondos porque elas pisam com os pés espalmados. Os comedouros e bebedouros são postos no chão. Silvestres – poleiros redondos (cabos de vassoura, por exemplo), distantes um do outro para a ave se exercitar (2 mais altos e 1 mais baixo usado principalmente pela fêmea para se refugiar caso apanhe do macho). Fixe cantoneiras retas na metade da altura do viveiro, com espaço para pouso e para as vasilhas de comida e água. Coloque um apoio para os potes de comida na metade da altura do viveiro. Vegetação em abundância, pois podem fazer ninhos nela. Escolha plantas com folhas grandes bem resistentes ou com folhas menores como o ficus benjamin (evite as tóxicas). Piso de areia, palha de arroz ou maravalha.

Alimentação – Pombas

Granívoras – comem em média 45g, oferecidos 1 vez ao dia. Dê uma mistura em partes iguais de grãos secos como milho, trigo, sorgo, ervilha, arroz com casca e cevada, em menor quantidade acrescente girassol e soja. Para evitar falta de sais minerais, junte uma parte de ração peletizada para galinhas. Frugívoras – dê 2 vezes ao dia frutas maduras picadas (a base é a banana). Misture com ração para pássaros até que os pedaços de fruta fiquem “à milanesa” e não grudem um no outro. Numa vasilha à parte, coloque somente ração pura.

Espécies – Pombas

Todas as raças são originárias da Columba livia, ave européia que se espalhou pelo mundo há centenas de anos e passou a viver com o homem principalmente nas cidades, onde é alimentada e se abriga nos telhados e vãos das casas.
A partir dos vários cruzamentos apareceram raças nobres, com características diversas, e foram formadas famílias cujos traços passaram a ser isolados e fixados nos acasalamentos. Foi assim que surgiram as raças puras – designação dada quando todos os ascendentes (avós e pais) e descendentes (filhos) mantêm as características desejadas.

As pombas ornamentais dividem-se em dez grupos:

Pombas de papo . na lapa   Apresentam, como o nome já diz, um papo muito proeminente, inflado para impressionar a fêmea durante o corte.
Pombas-gaivota  na lapa . Possuem bico curto, semelhante ao das gaivotas, e são muito habilidosas com ele.
Pombas-galinha. na lapa As mais famosas são as da raça King, que se caracterizam pelo tamanho avantajado (chegam a pesar até 1 quilo). São muito utilizados nos Estados Unidos como aves de corte, para alimentação.
Pombas-corúncolana lapaCaracterizam-se pela presença da “cerona”, uma espécie de tecido proeminente, ao redor do bico e dos olhos. As raças mais famosas são a Karrier e a Dragão.
Pombas-cambalhota na lapa.       Consideradas verdadeiras acrobatas, são capazes de executar seguidas cambalhotas durante o vôo e até no chão.
Pombas-de-estruturana lapa  Sua principal característica é o apuro na plumagem, abundante principalmente na cabeça, como no caso das raças Peruca e Cabeça de Mouro.
Pombas-de-forma. na lapa Na aparência são muito semelhantes às comuns, mas chegam a ter 1 metro de envergadura de asa, como a pomba Romano.
Pombas-de-cor na lapa  Destacam-se pelo desenho formado pelas cores da plumagem. Uma das raças mais conhecidas é o Laore, que pode se apresentar nos tons branco, preto, vermelho, azul e amarelo.
Pombas-tambores. na lapa  Chamam a atenção por um arrulhar que lembra o som de um tambor. Além disso, apresentam franja, capucho e muitas penas nos pés.
Pombas-de-vôo.na lapaRecebem este nome pela altura e pela distância que seus vôos atingem. Podem alcançar até 800 metros de altura, como a raça Alto Vôo de Viena, e chegar a 1.500 quilômetros de distância percorrida, como os Pombos-Correio.

Além dessas raças, o criador poderá adquirir muitas outras, como a Show Homer, conhecida como Correio de Exposição; Strasser, muito mansa, de porte grande e que pode ser encontrada em duas cores combinadas; Fantaio ou Cauda de Leque, disponível em diversas tonalidades (a mais valorizada é a variação “espelho”, que combina o preto e branco na cauda e no corpo); Cacheado, com muitas penas em forma de cacho em cima das asas.
Geralmente muito dóceis, as pombas ornamentais podem ser criadas em gaiolas, em viveiros abertos ou em pombais. Normalmente conhecem a casa, saem para vôos diurnos e retornam para comer e dormir. Costumam permanecer nos arredores da residência, mas para criá-las soltas é necessário um período de adaptação. Assim que forem adquiridas, deverão permanecer presas de 15 a 30 dias, conforme a raça. Ao final desse período é só abrir o viveiro e, sem assustá-las, deixá-las sair naturalmente. Essa regra só não se aplica aos Pombos-Correios, capazes de retornar ao ponto de origem após meses de reclusão.

Biografia – Pombas                                                                                                                                                                   controle de pombo na lapa                                                                                                                                          controle de pombo na lapa                                                                                                                                         controle de pombo na lapa                                                                                                                                          controle de pombo na lapa                              controle de pombo na lapa                                                                                                                                    controle de pombo na na lapa                                                                                                                            controle de pombo na lapa                                                                                                                                      controle de pombo na lapa                                                                                                                          controle de pombo  na lapa                                                                                                                                       controle de pombo na lapa                             

 

CONTROLE DE POMBO NA VILA MEDEIROS (11)3921-8778 ORÇAMENTO GRA

  • Dedetizado na zona norte
  • CONTROLE DE POMBO
  • controle de pombo em guarulhos
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4

controle de Pombos na vila Medeiro /– SP: Oferecemos serviço de Desalojamento de pombos na vila maria    controle e manejos de pombos na vila Medeiro . Azul é uma empresa de Dedetização na vila Medeiro – SP ,esta preparada para lhe atender todos os dias da semana, sábados, domingos e feriados 24horas. O controle e manejos de pombos urbanos vila Medeiro começam com a vistoria técnica do local, após a

avaliação o técnico vai informar o custo do serviço e forma de tratamento a ser realizado. AZUL   tem químico responsável e técnico treinado e capacitado para realizar seu serviço com garantia de qualidade, execução de serviço técnico. Azul  fornece o termo de autorização do serviço, certificado de garantia, e laudo técnico para o cliente. Nossa empresa de Dedetização na cidade  na vila Medeiro a nossos clientes a 10 anos. No Controle de Pombos na vila Medeiro  tem como foco atender toda o tremembé – SP e Região. O controle de pombos urbanos é muito importante, pois pode prevenir problemas de saúde, já que muitos destes pombos podem transmitir doenças, danos, incômodos, no cotidiano das pessoas. Azul Dedetizadora  na vila Medeiro também se destaca no Controle de Pragas. Produtos são adquiridos junto aos maiores fabricantes, diluição precisa para cada tipo de inseto. Pombos em casa não é agradável, além de ser uma ameaça a sua saúde de sua família. Resolva este problema com segurança e garantia de serviço de profissionais capacitados.  Azul controle de pombo  na vila Medeiro   lhe oferece a oportunidade de receber sem nenhum custo, orçamentos de profissionais qualificados e experientes, prontos para realizar o serviço de acordo com a programação do cliente. Trabalhe com empresas de Controle de Pragas que usam produtos de qualidade comprovada.                                                            Curiosidades – Pombas   na vila Medeiro

Troque a água todos os dias. Não descuide da higiene: evite acúmulo de fezes epara prevenir piolhos pulverize as pombas com Bolfo (pó não -tóxico encontrado em lojas de produtos agrícolas e veterinários). Coloque um pouco desse produto no ninho ante de a pomba botar os ovos. Ornamentais – adaptam-se bem a todos os climas. Vermifugue 3 vezes por ano com remédios à base de piperazina. Silvestres – temperatura ideal dos viveiros: entre 18° e 28°C.

Ninho – Pombas na vila Medeiro

Granívoras – caixa de 25 x 25 x 8cm para cada casal, com palha, areia e gravetos no fundo. Frugívoras – ninho pronto (cestinha de palha com tamanho que acomode bem a pomba).

Reprodução – Pombas na vila Medeiro

As pombas são em geral monogâmicas; depois de formado, o casal não se separa. A reprodução vai de maio a janeiro; em fevereiro, março e abril, período da muda, é aconselhável separar os casais. Fazem até 6 posturas por ano e a incubação dura de 17 a 19 dias. Macho e fêmea chocam os ovos: ele durante o dia e ela à noite. Ambos cuidam do filhote; ela os alimenta. Ornamentais: os casais permanecem nos viveiros normais. Põem 2 ovos por postura. Silvestres – quando ficam briguentas no viveiro coletivo é sinal de que estão entrando em fase de reprodução. Separe os casais em viveiros individuais. No caso das frugívoras, coloque a fêmea no viveiro 40 dias depois de introduzido o macho. A fêmea põe de 1 a 2 ovos por postura.  

Instalações – Pombas

Ornamentais – gaiola para 1 casal com 80 x 80 x 80cm ou viveiro para 6 casais de 2 x 2 x 2m com frente de tela voltado para o lado onde o sol nasce, todo coberto. No pombal, prateleiras com divisões de 30 cm de largura; compartimentos, 60cm de largura x 30 cm de profundidade. Faça um laguinho no chão (piso de areia), para banhos. Silvrestres – viveiro conforme o tamanho da ave (de 1,5m de profundidade x 2 de largura x 2 de altura até 4 x 1,5 x 2,5 m). Parte dele deve ser coberta; a outra parte fica exposta para que a aves tomem banhos de sol, de orvalho e de chuva.

Ornamentais – os poleiros não podem ser redondos porque elas pisam com os pés espalmados. Os comedouros e bebedouros são postos no chão. Silvestres – poleiros redondos (cabos de vassoura, por exemplo), distantes um do outro para a ave se exercitar (2 mais altos e 1 mais baixo usado principalmente pela fêmea para se refugiar caso apanhe do macho). Fixe cantoneiras retas na metade da altura do viveiro, com espaço para pouso e para as vasilhas de comida e água. Coloque um apoio para os potes de comida na metade da altura do viveiro. Vegetação em abundância, pois podem fazer ninhos nela. Escolha plantas com folhas grandes bem resistentes ou com folhas menores como o ficus benjamin (evite as tóxicas). Piso de areia, palha de arroz ou maravalha.

Alimentação – Pombas

Granívoras – comem em média 45g, oferecidos 1 vez ao dia. Dê uma mistura em partes iguais de grãos secos como milho, trigo, sorgo, ervilha, arroz com casca e cevada, em menor quantidade acrescente girassol e soja. Para evitar falta de sais minerais, junte uma parte de ração peletizada para galinhas. Frugívoras – dê 2 vezes ao dia frutas maduras picadas (a base é a banana). Misture com ração para pássaros até que os pedaços de fruta fiquem “à milanesa” e não grudem um no outro. Numa vasilha à parte, coloque somente ração pura.

Espécies – Pombas

Todas as raças são originárias da Columba livia, ave européia que se espalhou pelo mundo há centenas de anos e passou a viver com o homem principalmente nas cidades, onde é alimentada e se abriga nos telhados e vãos das casas.
A partir dos vários cruzamentos apareceram raças nobres, com características diversas, e foram formadas famílias cujos traços passaram a ser isolados e fixados nos acasalamentos. Foi assim que surgiram as raças puras – designação dada quando todos os ascendentes (avós e pais) e descendentes (filhos) mantêm as características desejadas.

As pombas ornamentais dividem-se em dez grupos:

Pombas de papo . na vila Medeiro   Apresentam, como o nome já diz, um papo muito proeminente, inflado para impressionar a fêmea durante o corte.
Pombas-gaivota  na Medeiro . Possuem bico curto, semelhante ao das gaivotas, e são muito habilidosas com ele.
Pombas-galinha. na vila Medeiro As mais famosas são as da raça King, que se caracterizam pelo tamanho avantajado (chegam a pesar até 1 quilo). São muito utilizados nos Estados Unidos como aves de corte, para alimentação.
Pombas-corúncolana vila Medeiro    Caracterizam-se pela presença da “cerona”, uma espécie de tecido proeminente, ao redor do bico e dos olhos. As raças mais famosas são a Karrier e a Dragão.
Pombas-cambalhota na vila Medeiro.       Consideradas verdadeiras acrobatas, são capazes de executar seguidas cambalhotas durante o vôo e até no chão.
Pombas-de-estruturana vila Medeiro  Sua principal característica é o apuro na plumagem, abundante principalmente na cabeça, como no caso das raças Peruca e Cabeça de Mouro.
Pombas-de-forma. na vila Medeiro Na aparência são muito semelhantes às comuns, mas chegam a ter 1 metro de envergadura de asa, como a pomba Romano.
Pombas-de-cor na vila Medeiro  Destacam-se pelo desenho formado pelas cores da plumagem. Uma das raças mais conhecidas é o Laore, que pode se apresentar nos tons branco, preto, vermelho, azul e amarelo.
Pombas-tambores. na vila Medeiro  Chamam a atenção por um arrulhar que lembra o som de um tambor. Além disso, apresentam franja, capucho e muitas penas nos pés.
Pombas-de-vôo.na vila Medeiro Recebem este nome pela altura e pela distância que seus vôos atingem. Podem alcançar até 800 metros de altura, como a raça Alto Vôo de Viena, e chegar a 1.500 quilômetros de distância percorrida, como os Pombos-Correio.

Além dessas raças, o criador poderá adquirir muitas outras, como a Show Homer, conhecida como Correio de Exposição; Strasser, muito mansa, de porte grande e que pode ser encontrada em duas cores combinadas; Fantaio ou Cauda de Leque, disponível em diversas tonalidades (a mais valorizada é a variação “espelho”, que combina o preto e branco na cauda e no corpo); Cacheado, com muitas penas em forma de cacho em cima das asas.
Geralmente muito dóceis, as pombas ornamentais podem ser criadas em gaiolas, em viveiros abertos ou em pombais. Normalmente conhecem a casa, saem para vôos diurnos e retornam para comer e dormir. Costumam permanecer nos arredores da residência, mas para criá-las soltas é necessário um período de adaptação. Assim que forem adquiridas, deverão permanecer presas de 15 a 30 dias, conforme a raça. Ao final desse período é só abrir o viveiro e, sem assustá-las, deixá-las sair naturalmente. Essa regra só não se aplica aos Pombos-Correios, capazes de retornar ao ponto de origem após meses de reclusão.

Biografia – Pombas                                                                                                                                                                   controle de pombo na Vila Medeiro                                                                                                                                        controle de pombo na na Vila Medeiro                                                                                                                                       controle de pombo na casa verde                                                                                                                                         controle de pombo na Vila Medeiro                            controle de pombo na na Vila Medeiro                                                                                                                                        controle de pombo na na Vila Medeiro                                                                                                                             controle de pombo na na Vila Medeiro                                                                                                                                     controle de pombo na na Vila Medeiro                                                                                                                               controle de pombo na na Vila Medeiro                                                                                                                                        controle de pombo na na Vila Medeiro                            

A dedicação dos criadores tornou possível o aparecimento de pombas diferentes e sofisticadas. Vale a pena conhecê-las.

Imagine uma pomba com uma combinação exótica de cores. Ou um exemplar cujas penas, ao redor da cabeça, lembrem a moldura de uma cabeleira. Ou ainda um outro, com o peito tão saliente que mais parece um arco. Essas são apenas algumas das surpresas que a columbofilia (criação de pombos) nos reserva.

Incentivada pela variedade das raças, pela facilidade na importação de animais e pelo desenvolvimento de técnicas nacionais para a criação de acordo com o clima brasileiro, a columbofilia vem despertando interesse crescente nos últimos anos. O hobby, que inclui duas grandes categorias de pombas – as ornamentais (também conhecidas como domésticas) e as silvestres – é cheio de detalhes e exige dedicação, mas gratifica o criador no aspecto estético ou mesmo no financeiro, uma vez que as espécies mais raras podem alcançar preços elevados (até R$ 5mil).
Quem pretende começar uma criação pode escolher entre essas duas categorias, cujos exemplares são originários de vários partes do mundo. As ornamentais, derivadas da mesma espécie das pombas comuns que vemos nas ruas, ganharam características nobres na plumagem, nas cores e no tamanho em conseqüência do trabalho genético. Podem ser mantidas em cativeiro ou em liberdade. Já as pombas silvestres apresentam espécies variadas, com cores, tamanhos e hábitos diferentes. Mas todas, necessariamente, devem ser mantidas em cativeiro.
É bom lembrar que o criador de pombas deverá adquirir somente espécies de outros países, e por duas razões. A

Controle de Pombo Na Vila Maria (11)3921-8778 Orçamento grátis

O Controle de Pombo Na Vila Maria contra pombo na vila maria apesar de serem aves de aparência inofensiva, são proliferadores de doenças que afetam ossistemas respiratório e nervoso, além de causar dermatites e outros danos à saúde.Para evitar que estas aves

 

CONTROLE DE POMBO

comprometam a qualidade de vida, a azul controle de pombo oferece o serviço dedetização contra pombo na vila maria que inclui desde a expulsão dos animais até a utilização de práticas preventivas

CONTROLE DE POMBO

para evitar a criação de ambientes propícios à proliferação.Através de visita técnica previamente agendada identificamos a necessidade do local. O     consiste dedetização contra pombo na vila maria na instalação de barreiras físicas para evitar que aves se instalem novamente.controle de pombo na vila maria de fazer um orçamento sem nem custo , basta você ligar para o telefone 3921-8778 e agendar o melhor dia e horário , ai se você concordar a gente pode fazer no mesmo dia a  contra pombo na vila maria tem o melhor preço pra você , nada pior do que você chegar em casa e saber que sua casa esta dominada por pombo  e insetos e mesmo poA família de aves Columbidae abrange entre suas espécies os animais popularmente conhecidos como pombos e rolinhas. Existem cerca de 300 espécies dentro da família Columbidae distribuídas amplamente pelo planeta sendo que elas habitam locais muito variados como campos, pastagens, caatinga, florestas e áreas urbanas. A grande maioria dessas espécies vive restritamente nos seus locais de adaptação natural, ou seja, nas florestas e outros biomas naturais. Somente algumas passaram a habitar as cidades. controle de pombo na vila formosa seu ambiente natural, os pombos podem viver em média até 15 anos, porém na  sem   Os pombos, apesar de serem aves de aparência inofensiva, são proliferadores de doenças que afetam ossistemas .dedetização contra pombo na vila maria  controle de pombo em cima de casa Na vila maria controle de pombo em bar Na vila maria   controle de pombo em pizzaria Na vila maria  controle de pombo empresa Na vila maria  controle de pombo em condomínio Na vila maria controle nas ruas da Na vila maria  controle de pombo no bairro da Na vila maria  controle de pombo em prédio Na vila maria

controle de pombo Na vila maria   As aves têm um importante papel ecológico pois, como todos os outros seres vivos, participam de uma teia alimentar. Isso significa que elas fazem parte de diversas relações alimentares nas quais uns seres se alimentam de outros. A exemplo disso, pode-se analisar os pombos em uma pequena parte dessa teia, denominada cadeia alimentar.controle de pombo  Na vila Sonia

dedetizadora na zona norte
Controle de pombo  Na vila maria

controle de pombo Na vila maria  Os pombos, por serem animais sinantrópicos, podem transmitir algumas doenças e acarretar grandes desconfortos e transtornos ao homem.O conceito mais evoluído no controle de pragas é o Manejo Integrado, cuja filosofia consiste na aplicação concomitantemente de diferentes estratégias de controle. O uso de substâncias químicas pode eliminar os pombos, mas além de ser cara é crime. De acordo com os artigos 29 a 32 da Lei Federal no. 9.605 de fevereiro de 1998, é proibido usar iscas envenenadas (crime de crueldade com os animais)controle de pombo   Na vila maria

controle de pombo em Osasco   A limpeza do local habitado por pombos deve ser realizada, porque as fezes além de conterem causadores de doenças, ainda podem atrair outros animais como ratos e baratas ao local.controle de pombo na vila maria

 Controle de pombo em são paulo(11)3921-8778
dedetização contra pombo Na vila maria (11)3921-8778

Não ingerir carne de pombos, a não ser bem cozida, pois há uma grande possibilidade de infecção por salmonela.

Cuidado ao respirar o ar de ambientes onde pombos vivem, pois além da poeira que sai das fezes dos pombos provocar as doenças citadas acima, ela causa irritações respiratórias, como alergia, e dermatite.

Não alimentar os pombos por motivos já citados nos Métodos de dedetização contra pombo na vila maria Para evitar doenças transmitidas por pombos, basta não deixar que suas fezes permaneçam no local, pois a inalação de poeiras provenientes delas pode ser causadora de inúmeras irritações respiratórias e alergias, não mencionando as doenças causadas por vírus, fungos e bactérias que vivem nessas fezes

Cercas Concertinas Em Carapicuíba (11)3921-8778 Orçamento gratis

         CERCAS CONCERTINA EM CARAPICUIBA                                                                                                                                  [metaslider id=3399]PROTEJA SEU PATRIMONIO COM BAIXO CUSTO E BENEFICIO CERCA PERIMETRAL CONCERTINA MATEIRAL ALTISSIMO CORTANTE FEITA EM AÇO INOXIDAVEL SOMOS UMA EQUIPE DE INSTALADOR TEMOS TODO MATERIAL PRESISO PARA UMA OTIMA INSTALAÇÃO LUVAS ESPECIAIS FURADEIRAS PARAFUSOS ETC. ESTA CERCA ELA PODE SER INSTALADA EM RECIDENCIAS ,EMPRESAS CONDOMINIOS ETC
LIGUE E CONFIRÁ!!!

 CERCA CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM CARAPICUÍBA                                                   CERCAS  CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM CARAPICUÍBA                                       CERCAS CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM CONDOMÍNIO  EM CARAPICUÍBA               CERCAS CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM BARES  EM CARAPICUÍBA   CERCAS CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM LOJAS EM CARAPICUÍBA                            CERCAS CONCERTINA  COM INSTALAÇÃO EM ESCOLAS EM CARAPICUÍBA

 CERCAS CONCERTINA EM CARAPICUIBA 

O QUE SÃO AS CERCAS CONCERTINAS?

As cercas concertinas são como uma evolução das cercas de arame farpado tradicionais e da cerca elétrica. Ela é mais usada para proteção de propriedades (prédios e casas) ou em uso militar para isolamento de áreas.

Essa cerca tem a estrutura um pouco diferente das de arame farpado.  Ao invés de conter apenas um arame farpado, as cercas concertinas Em CARAPICUIBA também apresentam laminas cortantes e pontiagudas, que iram fazer um estrago muito maior para quem está pretendendo invadir uma propriedade.

A dificuldade encontrada nessas cercas é que ela não corta facilmente, necessitando de equipamento especial. Normalmente essas cercas são instaladas em cima de muros, portões e torres.

O diferencial dessa cerca também está no modo em que é colocada, pois as cercas de arame farpado são apenas colocadas esticando e já essas são instaladas mantendo as espirais, dificultando ainda mais a vida do “ladrão”.

Você pode encontrar as concertinas em duas cores, sendo elas apenas a simples e a eletrificada, elas são encontradas nas cores verde e cinza e por ter maior resistência e durabilidade, é indicada para ambientes de maresia, protegendo de intempéries com sal e água do mar.

Sendo colocada de maneira discreta no paisagismo da área, torna-se homogênea com o ambiente, sendo ideal para aumentar a segurança sem chamar a

Cercas Concertinas Em Guarulhos (11)3921-8778 Orçamento Grátis

  CERCA CONCERTINA DE AÇO EM GUARULHOS 
[metaslider id=3399]PROTEJA SEU PATRIMONIO COM BAIXO CUSTO E BENEFICIO CERCA PERIMETRAL CONCERTINA MATEIRAL ALTISSIMO CORTANTE FEITA EM AÇO INOXIDAVEL SOMOS UMA EQUIPE DE INSTALADOR TEMOS TODO MATERIAL PRESISO PARA UMA OTIMA INSTALAÇÃO LUVAS ESPECIAIS FURADEIRAS PARAFUSOS ETC. ESTA CERCA ELA PODE SER INSTALADA EM RECIDENCIAS ,EMPRESAS CONDOMINIOS ETC
LIGUE E CONFIRÁ!!!

 CERCA CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM GUARULHOS                                                     CERCAS  CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM GUARULHOS                                        CERCAS CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM CONDOMÍNIO  EM GUARULHOS              CERCAS CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM BARES  EM GUARULHOS CERCAS CONCERTINA COM INSTALAÇÃO EM LOJAS EM GUARULHOS                              CERCAS CONCERTINA  COM INSTALAÇÃO EM ESCOLAS EM GUARULHOS

 CERCAS CONCERTINA EM GUARULHOS

O QUE SÃO AS CERCAS CONCERTINAS?

As cercas concertinas são como uma evolução das cercas de arame farpado tradicionais e da cerca elétrica. Ela é mais usada para proteção de propriedades (prédios e casas) ou em uso militar para isolamento de áreas.

Essa cerca tem a estrutura um pouco diferente das de arame farpado.  Ao invés de conter apenas um arame farpado, as cercas concertinas Em Guarulhos também apresentam laminas cortantes e pontiagudas, que iram fazer um estrago muito maior para quem está pretendendo invadir uma propriedade.

A dificuldade encontrada nessas cercas é que ela não corta facilmente, necessitando de equipamento especial. Normalmente essas cercas são instaladas em cima de muros, portões e torres.

O diferencial dessa cerca também está no modo em que é colocada, pois as cercas de arame farpado são apenas colocadas esticando e já essas são instaladas mantendo as espirais, dificultando ainda mais a vida do “ladrão”.

Você pode encontrar as concertinas em duas cores, sendo elas apenas a simples e a eletrificada, elas são encontradas nas cores verde e cinza e por ter maior resistência e durabilidade, é indicada para ambientes de maresia, protegendo de intempéries com sal e água do mar.

Sendo colocada de maneira discreta no paisagismo da área, torna-se homogênea com o ambiente, sendo ideal para aumentar a segurança sem chamar a

WhatsApp chat